Tipos de estandes imobiliários

Este conteúdo é de minha autoria e parte da minha pesquisa, não copie sem créditos ou referências.


Assim como qualquer ponto de venda, os estandes imobiliários também podem assumir diferentes tipologias, sendo usados em diferentes lugares e situações, de acordo com a região, ou em como a incorporadora deseja apresentar-se para promover seu lançamento ou um conjunto deles.

Na última década principalmente, acompanhando a tendência geral de levar o ponto de venda para locais estratégicos, os estandes de vendas também se flexibilizaram, deixando de ser encontrados apenas no local exato do lançamento, sendo vistos também em diferentes locais onde foi verificado que pode haver retorno quanto ao interesse do público pelo produto imobiliário.

A pesquisa em mais de 500 projetos, mostra que não existe restrição de tipos em função do empreendimento: não existe tipo que só é usado em empreendimentos de alto padrão, nem de médio padrão, residencial, comercial ou misto. A escolha do tipo está ligada a estratégia e verba da incorporadora para o lançamento.

A seguir são descritos e ilustrados os 7 tipos de estandes existentes:

1. On site

É o tipo de estande mais comum. Vem sendo construído desde a década de 50, onde surgiu da mistura das tendas que eram improvisadas no local com os escritórios das imobiliárias. É caracterizado por uma construção nova feita no local (terreno) do lançamento, e é demolido quando não há mais espaço disponível pelo avanço das obras, ou quando terminam as vendas.

You Vila Mariana R Machado de Assis You Set2015

2. Caixotinho

Sempre na forma de um pequeno retângulo ou quadrado; construído geralmente com material reaproveitado do estande original após sua demolição. Como não é bom que o terreno fique sem nenhum local específico de atendimento enquanto as vendas ainda estão acontecendo, são construídos em metragem reduzida e permanecem até o início da fase final da obra, ou até a entrega do empreendimento, quando há espaço disponível.

Tem como função abrigar um ou dois corretores no máximo, e assim dedicar um local modesto, mas adequado, e desligado das dependências diretas do canteiro de obras para atendimento de clientes, uma vez que a entrada e circulação de visitantes dento de um canteiro de obras envolve graves questões de responsabilidade jurídica.

Em muitos casos, quando não há disponibilidade de espaço ou verba para um estande maior, o caixotinho é utilizado para todo o lançamento.

Wide Rua Guiratinga Gafisa Dez2014

 3. Stores/Lojas/Showrooms

São pdvs temporários ou definitivos que estão fora do local do lançamento; e que podem ser usados para a exibição e venda de vários empreendimentos, ou até mesmo para toda a carteira da incorporadora.

As lojas, ou showrooms, além da opção de construções novas no terreno, também podem estar em shoppings ou imóveis reformados, adaptados para esse uso.

Nos últimos 5 anos especialmente, onde o estoque de unidades tem crescido para muitas incorporadoras de grande porte, que trabalham com foco regional, ou que tenham vários empreendimentos em um mesmo bairro, tem sido uma opção bastante viável, pois reduzem os custos de operar simultaneamente mais de um estande.

Vitacon Store Rua Helio Pellegrino Vitacon Jan2015Showroom Intelligent Business Rua da Paz Queiroz Galvão Out2014Loja Plano Av Marechal Tito Plano e Plano Mar2015

4. Quiosques

Plantão reduzido que opera em shopping centers. Usado em ações promocionais de curta, média ou longa permanência.

foto-0049

Fonte: Site da arquiteta (portfólio online) Érika Queiroz.

5. Container

O tipo container representa uma variação dos estandes on site e caixotinhos. A diferença reside no método construtivo, que por partir da modulação dos containers, permite que o estande seja relocado em outro terreno após o uso.

Muitas empresas que locam containers para usos diversos incluíram a tipologia para plantão de vendas entre seus modelos.

MaxHaus Santana Av Conceição MaxCasa Out2014

ALPHAVILLE_ARACATUBA_-_CONTAIN_IT-3

Fonte: http://www.archdaily.com.br/br/628066/loja-alphaville-contain-it-superlimao-studio

6. Móveis

São os estandes sobre rodas. É o tipo menos usado dentre todos. Tem o lado positivo de poder transitar entre várias ruas ou bairros promovendo um empreendimento local. No caso do estande móvel das Figuras 9 e 10, esse tipo foi escolhido como uma iniciativa sustentável e que pudesse evitar a ocupação do terreno com um estande fixo.

stand-movel-via-01-blog-do-parlarestand-movel-via-blog-do-parlare

Fonte: https://blogdoedmarjunior.com.br/2013/10/04/stand-movel-um-novo-conceito-lancado-pela-via/

7. Promocionais

São estandes geralmente de curta duração, para eventos como feirões ou ações promocionais pontuais, em estacionamentos, shoppings, ou outros locais.

São construídos através dos métodos de estandes de feiras: octanorm, treliças, compensados, ou demais componentes.

f449aa_a663b7d852f0402f95fb5346b2f5622c

Fonte: http://www.keeacaoepromocao.com.br/#!stand-mrv-engenharia/zoom/c23qj/image724

Feirão Caixa - Stand Tenda - Agência Mais Ação

Fonte: na imagem.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s